João Marcos Adede y Castro

JOÃO MARCOS ADEDE Y CASTRO é graduado em Direito pela Universidade Federal de Santa Maria, sendo Mestre em Integração Latino Americana, pela mesma Universidade.

 

É doutor em Ciências Jurídicas e Sociais, pela Universidade del Museo Social Argentino, e doutorando em Direito Civil pela Universidade de Buenos Aires, ambas de Buenos Aires.  

 

Foi Promotor de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul por quase 30  anos, tendo exercido as atribuições de Promotor de Justiça Especializada de Defesa Comunitária, com atuação preponderante nas áreas de defesa do meio ambiente, interesses sociais e coletivos e improbidade administrativa. É Professor Universitário.

 

 É membro e  foi Presidente da Academia Santa-Mariense de Letras, ocupando a cadeira número 16, cujo patrono é o escritor e jurista  Darcy Azambuja. É advogado em Santa Maria, RS.

Procure por Tags

MAIS ESPÍRITO SOCIAL, POR FAVOR!

17.01.2020

ESPÍRITO SOCIAL

 

Nessas discussões intermináveis entre Imprensa e Bolsonaro, com troca constante e cansativa de agressões, críticas cabidas e descabidas, patrulhamento justo e injusto diário de ideias e comportamentos, só quem perde somos nós, a sociedade.

Sonho com o surgimento de um líder nacional corajoso, mas ponderado, contundente, mas respeitoso, e de uma imprensa que consiga ver nos atos do governo algum mérito, em vez de só defeitos (que eles existem).

Imprensa, não precisa criticar tudo que o governo diz ou faz, ignorem um pouco das bobagens que elas perdem a importância.

Também não é necessário que o Presidente fale mal da imprensa em cem por cento de suas manifestações. Aliás, podia limitar essas entrevistas na porta do Palácio, fonte diária e estressante de acusações, xingamentos e polêmicas estéreis.

Será que ninguém dará o primeiro passo em direção ao apaziguamento?

Ou seja, sonho com o fim da luta de classes e com o bem do Brasil.

Será que alguém terá grandeza suficiente para, sem abrir mão de suas convicções, promover a aproximação dos pontos convergentes e aparar as arestas dos pontos divergentes?

Precisamos de um LÍDER, não de um salvador da pátria.

Precisamos de uma imprensa LIVRE, mas responsável.

Precisamos de pessoas e instituições que pensem mais no país e menos em si mesmo e seus interesses políticos e/ou financeiros.

Mais ESPÍRITO SOCIAL e menos EGOÍSMO!

Afinal, sou um sonhador.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Black Round

© 2017 por João Marcos Adede y Castro

  • Facebook Black Round